TOMO XXVIII-1

Neste volume:

Editorial (9)

O Analista trabalhando

Uma conversa muito perigosa: os conflitos internos do paciente elaborados por meio do uso de diferenças étnicas e religiosas entre analista e paciente (11)
Aisha Abbasi

Comentário sobre “Uma conversa muito perigosa”, de Aisha Abbasi (31)
Laura Veríssimo de Posadas

Resenha de “Uma conversa muito perigosa”, de Aisha Abbasi (41)
Catherine Chabert

Artigos Originais

Tatuagem e tabu: sobre o sentido das tatuagens no processo analítico (55)
Uta Karacaoglan

O que acontece antes e depois do enactment agudo? Um exercício de validação clínica e ampliação de hipóteses (77)
Roosevelt M. S. Cassorla

Comparando um refúgio narcísico e um refúgio autístico: “Olhar pela janela ou olhar para a janela” (103)
L.V. Strauss

Teoria e Técnica Psicanalíticas

Reflexões sobre o tempo especial de Nachträglichkeit na teoria e na prática clínica (121)
Paola Marion

O Objeto inatingível? Dificuldades e paradoxos na relação analítica com pacientes borderline (143)
Irene Ruggiero

Psicanálise de crianças e adolescentes

De quem são e para onde vão as lembranças? Problemas relativos à interiorização em crianças do espectro autista (163)
Maria Rhode

 

XXVIII-1_POST


três design